domingo, septiembre 02, 2007

 

http://escritosmalditos.blogspot.com


lunes, junio 25, 2007

 

Prato do dia: Juliette Lewis

Há um abismo ou melhor uma falta de aceitação em relação à atores quererem nas horas vagas serem cantores e cantores que nas horas vagas quererem ser atores. Temos exemplos, não lá muito magnificos, de Johnny Depp na sua faceta roqueira e Keith Richards na sua faceta ator. Bem, mas há exceções à regra: Bruce Willis, um bluseiro de mão cheia, Serjão Loroza e a gata da foto, Juliette Lewis. Tem previsão da beldade tocar aqui no Txx Festival que acontecerá entre os dias 25 e 31 de outubro no Rio de Janeiro (Marina da Glória). Enquanto ela não vem, o povo pode comparar vendo os videos abaixo se a garota é melhor atuando ou cantando. Faça a experiencia:






Uma cena de Juliette Lewis em Cabo do Medo


"You're Speaking My Language"- Juliette and The Licks


E vejam que interessante Cate Blanchett interpretando Bob Dylan


sábado, abril 28, 2007

 

Sem vergonha de ser vendido

Rock Pasteurizado
by.Roqueiroz

Depois de usarem Eduardo e Mônica para fazer propaganda da Bradesco o que falta?
Falta usar “Me chama”do Lobão para fazer propaganda da Oi
Falta usar “Alice” do Kid Abelha para fazer propaganda da Sedex
Falta usar “Você não soube me amar” da Blitz para fazer propaganda da Mc Donalds

E por aí vai.

http://graodeareia-attac.weblog.com.pt/arquivo/067348.html
http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2006/03/348123.shtml

sábado, abril 21, 2007

 

Quem mandou ler o blog da Manu Maciel (http://www.rascunhosdemim.blogspot.com/) ?

by.Roqueiroz

1-Nome completo:

Ricardo de ________ da Costa

2- Apelido:
Queiroz (?) é o que eu gosto. O que não gosto não vou contar aqui é claro.

3- Cor favorita:
Azul no céu, Vermelho e Preto na camisa do Flamengo e olhos claros das mulheres.

4- Time:
Flamengo até morrer

5- Data de aniversário:
novembro, 25

6- Onde mora:
São Gonçalo-RJ

7- Programa de TV favorito:
Re [corte] cultural

8- O que você tem no mouse pad:
é da compaq, foto de um teclado e gabinetes.

9- Cheiros favoritos:
Perfume de mulher, não perfume que elas compram, mas sim o cheiro do cabelo da pele combinado com o perfume. E tb cheiro de Café, de praia, de gibi novo e sem ser capitalista de dinheiro novo.

10- Pior sentimento do mundo:
ódio

11- Melhor sentimento do mundo:
amor à vida, amigos, trabalho, família...

12- Dois defeitos seus:
insegurança e essa maldita timidez

13- Duas qualidades:
inteligencia e fidelidade

14- Qual a 1ª coisa que você pensa quando acorda de manhã?
banheiro

15- É romântico(a)?
Sou.

16- Montanha-russa: assustadora ou excitante?
assustadora

17- Caneta ou lápis?
caneta

18- Quantos toques antes de atender o telefone?
três

19- É amigo(a) do telefone ou só usa quando necessário?
Olha já fui mais. O msn tá vencendo ele.

20- Comida favorita:
feijão, arroz, batata frita, carne e alface

21- Você se dá bem com seus pais?
quando eles se dão bem comigo, sim.

22- Quem você tem como irmão?
Renato

23- Namorar ou ficar?
Namorar. Mas, ficar é muito bom tb. Depende...

24- Você tem muitos amigos?
Deixa eu ver: Julio, Gilberto, Claudia, Priscila, Liana, Frank, Sheila, Wanny Freitas... tá bom prá vc?

25- Se você tem, como se sente quando rodeado por eles?
É engraçado o fato de uns nunca terem se visto. Tenho amigos em cada ponto da cidade. Não tenho turma, tenho amigos.

27- O que você mais gosta de fazer?
Conversar, beijar, escrever no meu blog, ver as pessoas que gosto por perto, são bons exs.

28- Chocolate ou baunilha?
chocolate

29- Sorvete preferido:
misto

30- Torrada ou bacon?
Torrada

31- De quem você sente saudade?
Dos amigos

32- Sente medo de:
Certas palavras, certas pessoas, de uns cantos da cidade, Exorcista, cachorro.

33- Quem você levaria para uma ilha deserta?]
Sheila. Sem pretenções.

34- Qual seu signo zodiacal?
Sagitário

35- Qual o seu poeta favorito?
Anderson Herzer

“A Gota de Sangue Eu decaí, eu persisti tentei por todos os meios ser forte. Lutei contra o tempo, chorei em silêncio gritei seu nome ao vento. Sou filho da gota fui templo da miséria meu pai um perdido minha mãe, a megera. Cresci vendo prantos, dormi em meio à mata chorei gotas sangüíneas sou o pecado, sou a traça. Eu ouvi um grito de desespero, vi a lenta corrupção, vi o olhar do corruptor, vi uma vida na destruição eu vi o assassinato do amor. Tentei, venci, a vitória conquistei porém um dia faleci. Hoje estou em sua lembrança eu sou sua alma oculta e serei sua esperança.”
A Queda para o Alto, Herzer, Ed. Vozes, 1982.
36- Qual sua bebida favorita?
Cerveja. Muito embora o vinho seja melhor.
37- Para tingir seu cabelo de uma cor, qual seria?
Quando eu for idoso, não sei se tingirei, pois acho feio isso. Mas, acho que de preto.
38- O que tem nas paredes do seu quarto?
tinta branca e sujeira
39- O que tem debaixo da sua cama?
sapatos, uma gaveta solta com umas revistas dentro e outros bagulhos. Bagulho no mesmo sentido de troço, não me entendam mal.
40- Você é destro(a), canhoto(a) ou ambi-destro(a)?
destro.
41- Qual seu número favorito?
vinte e cinco, dia que nasci
42- Noite ou dia?
Ambos. A noite é bom para sair e o dia é bom para trabalhar e estudar.
43- Qual é o carro dos seus sonhos?
Um Gol
44- Esporte favorito:
Ciclismo. É como voar, a velocidade...
45- Um grande amor da sua vida:
Luiza
46- Está apaixonado no momento?
Ah, sim. Eu me amo não posso mais viver sem mim.
47-Está sendo correspondido?
próxima!!!
48- Vale a pena amar?
Vale, mas como diz a Tia May: “Vc está disposto a colocar ela a frente de vc?”
49- Que você estava ouvindo enquanto respondia este questionário?
Usina do Gastão.
http://www2.uol.com.br/ipanema/programas/usina_gastao/player.html

50- Melhor beijo:
Luiza.
51- Menino ou menina que você mais amou na vida:
Ah, meu Deus. Copie a resposta acima e cole aqui.

QUEM FAZ? SINTO MUITO ANINHA, UAÍ. PASSO PARA VC.
1-Nome completo:
Ana Letícia Procópio Costa.
2- Apelido:
Ana, Aninha, Lê, Lets...
3- Cor favorita:
Verde..
4- Time:
Galo!!! (Clube Atlético Mineiro).
5- Data de aniversário:
21 de dezembro.
6- Onde mora:
Belôrizontchi, Mins.
7- Programa de TV favorito:
Qualquer um do GNT.
8- O que você tem no mouse pad:
É de couro marrom com apoio para o punho.
9- Cheiros favoritos:
Flor e refogado de alho e cebola (não juntos, off course).
10- Pior sentimento do mundo:
ódio
11- Melhor sentimento do mundo:
Alegria.
12- Dois defeitos seus:
Falar demais e ser muito crítica.
13- Duas qualidades:
Falar a verdade, sempre, e lealdade.
14- Qual a 1ª coisa que você pensa quando acorda de manhã?
Já?
15- É romântico(a)?
Não muito.
16 - Montanha-russa: assustadora ou excitante?
Excitante!
17- Caneta ou lápis?
Caneta. Preta.
18- Quantos toques antes de atender o telefone?
Um!
19- É amigo(a) do telefone ou só usa quando necessário?
Sou amiga do telefone...
20- Comida favorita:
Massa, sorvete, salada, peixes, frutos do mar...
21- Você se dá bem com seus pais?
Sim.
22- Quem você tem como irmão?
Ângelo e Léo.
23- Namorar ou ficar?
Namorar quem você ama
24- Você tem muitos amigos?
Sim, muitos.
25- Se você tem, como se sente quando rodeado por eles?
Feliz demais.
27- O que você mais gosta de fazer?
Dançar, conversar, escrever, ouvir música, beijar, e outras
28- Chocolate ou baunilha?
chocolate
29- Sorvete preferido:
Qualquer um.
30- Torrada ou bacon?
Torrada.
31- De quem você sente saudade?
De alguns amigos.
32- Sente medo de:
Seqüestro, filmes de terror, violência...
33- Quem você levaria para uma ilha deserta?
Não posso revelar o nome.
34- Qual seu signo zodiacal?
Sagitário!
35- Qual o seu poeta favorito?
Drummond.
36- Qual sua bebida favorita?
Vinho.
37- Para tingir seu cabelo de uma cor, qual seria?
Já tingi de várias cores... Mas tingiria de novo de vermelho.
38- O que tem nas paredes do seu quarto?
Tinta "salmon", quadros, fotos...
39- O que tem debaixo da sua cama?
Um colchão.
40- Você é destro(a), canhoto(a) ou ambi-destro(a)?
Destra. (Qual a relevância desta pergunta?)
41- Qual seu número favorito?
Nove.
42- Noite ou dia?
Noite.
43- Qual é o carro dos seus sonhos?
Citroën C4.
44- Esporte favorito:
Dança e Yôga.
45- Um grande amor da sua vida:
Não quero responder.
46- Está apaixonado no momento?
Sim.
47-Está sendo correspondido?
Acho que sim. :)
48- Vale a pena amar?
Absolutely! Sem amor, eu nada seria...
49- Que você estava ouvindo enquanto respondia este questionário?
O chiado do computador.
50- Melhor beijo:
Aquele que está prestes a acontecer.
51- Menino ou menina que você mais amou na vida:
Prefiro não responder esta tb.

 
Desde o dia 09 de abril, foi aberta a temporada de caça aos butecos na capital de Minas... Sim, o famoso campeonato de “tira-gostos” se iniciou e já está botando pra quebrar, agitando ainda mais a vida noturna de nossa BH.

Desta vez são 41 bares participantes, em 31 dias de botecagem, o atendimento sempre carinhoso, a cerveja sempre gelada, arte nos banheiros, música ao vivo, saborosos “tira-gostos”, e, claro, 4 dias de festa da “Saidera”, de 17 a 20 de maio, onde são revelados os vencedores deste ano...

Sim, o público vota na qualidade do petisco, na higiene do local e na temperatura da cerveja, e sua nota tem um peso de 70%, enquanto que as dos jurados contratados pelo festival, 30%.

Tudo isto porque tem coisas que só acontecem em butecos... Do cliente desconfiado à turma que ri alto e canta... Do bêbado que aluga o garçon às amizades que surgem do nada... Do encontro entre o prazer de beber e se socializar ao encanto do tira-gosto saboroso e do bom atendimento.

Para mais informações, acesse o www.comidadibuteco.com.br.

Ana.
www.mineirasuai.blogspot.com

Etiquetas:


lunes, marzo 12, 2007

 

Bala Perdida

(Gabriel o Pensador)
"Bom dia, mulher Me beija, me abraça, me passa o café E me deseja "Boa sorte" Que seja o que Deus quiser Porque eu tô indo pro trabalho com medo da morte Nessas horas eu queria ter um carro-forte Para poder sair de casa de cabeça erguida E não ser encontrado por uma bala perdida Querida, eu sei que você me ama Mas agora não reclama, eu tenho que ir Não se esqueça de botar as crianças debaixo da cama na hora de dormir Fica longe da janela e não abre essa porta, não importa o motivo Por favor, meu amor, eu não quero encontrar você morta se eu voltar pra casa vivo Mas se eu não voltar não precisa chorar Porque levar uma bala perdida hoje em dia é normal Bem mais comum do que morte natural Nem dá mais capa de jornal Tchau! Se eu demorar, não precisa me esperar pra jantar E pode começar a rezar Pra variar estamos em guerra Pra variar ... Quem tá na chuva é pra se molhar Quem brinca com fogo pode se queimar Mas eu num quero ser mais um nas estatísticas Num quero que meu corpo vire atração turística Ensangüentado, vítima de um crime sem culpado. Encaminhado prum exame de balística Todo dia morrem dois ou três Eu só quero saber quando vai ser a minha vez Onde será? No circo, na praia, no supermercado, na mesa do bar? Ou na fila do banco? No trem da central? No ponto de ônibus? Parado no sinal? Ou assistindo TV, na segurança do lar? Onde será que uma bala perdida vai me achar? Se eu pudesse escolher eu morreria dormindo sem sentir muita dor Eu sei que eu ainda sou muito novo pra morrer mas outro dia esse desejo quase se realizou: Uma bala de fuzil se perdeu num tiroteio e veio parar no meio do meu travesseiro Só não me acertou em cheio porque eu tava com prisão de ventre, no banheiro Atualmente eu já me deito esperando o pior E pra facilitar eu já durmo de paletó Meu caixão também tá pronto atrás da porta, enrolado com a bandeira do Brasil, E quando eu sonho com o futuro eu acordo inseguro Escutando mais um tiro de fuzil Pra variar estamos em guerra Pra variar ... Eu sou uma bala perdida, uma bala desgraçada Inofensiva, feito uma criança abandonada Eu estou sendo injustiçada Não sou culpada Se eu tô aqui é porque eu fui disparada Eu não queria entrar na arma mas o dedo foi mais forte O dedo me pôs na arma, puxou o gatilho, então porque que eu sou responsabilizada pela morte? Eu gostaria de ser uma bala de mel Feita com amor, embrulhada num papel Mas vocês me fizeram pra acabar com a vida Desde que eu nasci eu sou uma bala perdida Eu sempre fui perdida, por natureza Até num suicídio ou em legítima defesa A maioria ainda nem percebeu Vocês tão muito mais perdidos do que eu Pra variar estamos em guerra Pra variar ... "

jueves, septiembre 07, 2006

 

7 de setembro e daí !

Meus leitores não é falta de originalidade(apenas), mas sim o inconformismo com essa situação que não muda de jeito nenhum. Até quando essas palavras abaixo vão continuar valendo. Diferente dos poetas romanticos que tem o desejo de estarem certos, a gente que faz verso de protesto tem um desejo enorme de estar errado. Por isso com as palavras abaixo clamo...

PODER PARA O POVO BRASILEIRO!!!
by Queiroz

Todo poder emana do povo, mas os maus políticos sempre encontram um jeito novo de botar o ovo em pé como Colombo fez e o povo sempre é o prego da vez, e eu me pergunto quando será a nossa vez de jogar de acordo com o regimento constitucional, afinal são nossas regras. É, eu acho que essa política absurda já era. Já era tempo de todos nós tomarmos sábias decisões, pois nosso país merece sérias correções. Vamos corrigir os erros do passado, atingindo novos objetivos, pois não podemos ficar paralisados. E saiba que mesmo quem vive numa cadeira de rodas tem capacidade de tirar nossas cordas do pescoço e isso não é apenas papo de bom moço, pois quando tivermos o pleno gozo de nossos direitos seremos tratados com todo respeito, mas enquanto a ignorância for o principal sentimento eleito, as coisas vão continuar exatamente desse jeito.

Todo poder emana do povo, mas o povo esquece por isso o nosso povo tem o governo que ninguém merece.

Causa-me stress quando o povo se esquece dos direitos e deveres de cada cidadão, sabem de toda sacanagem dos péssimos políticos do nosso país e não diz um NÃO! A questão é que o bicho está pegando, recém nascidos vão pro lixo e eu não estou exagerando. Tem adolescentes que simplesmente brincando tacam fogo no índio alegando que é mendigo, e se o índio pelo menos tivesse apito saberia por que no futebol às vezes se ganha no grito, se tivesse discos saberia o que é Beatles e se tivesse TV poderia saber que na Inglaterra os cientistas se preocupam com a clonagem, enquanto aqui na nossa terra temos a autentica sacanagem. “É coi di loco”, já dizia o Ratinho desde os tempos do programa 190, e o índio diz: “Um Programa Livre também eu quero”. E assim enquanto você para não saber da notícia ruim assiste programa de fofoca em outro canal, o nosso povo nunca sai de baixo achando que fazer papel de palhaço é algo natural.

Todo poder emana do povo, mas o povo esquece por isso o nosso povo tem o governo que ninguém merece.

“E SAIBA QUE MESMO QUEM VIVE NUMA CADEIRA DE RODAS TEM CAPACIDADE DE TIRAR NOSSAS CORDAS DO PESCOÇO”


“Apresentação - Leonardo Mattos é o primeiro Deputado Federal eleito pelo Partido Verde em Minas Gerais. Candidatou-se a uma vaga na Câmara Federal durante o exercício de seu segundo mandato como vereador em BH, cidade onde nasceu.
No legislativo tem defendido os portadores de deficiência (é paraplégico em decorrência de um acidente de carro quando tinha 20 anos) e outros segmentos excluídos da sociedade. Tem também pautado sua ação política em defesa de um desenvolvimento sustentável, que garanta a preservação do meio ambiente e justiça social.

História Política - Aos 20 anos, junto com alguns companheiros do Hospital Arapiara, Leonardo Mattos fundou a Associação Mineira de Paraplégicos (AMP), com o objetivo de tirar a deficiência do enfoque de caridade como vinha sendo tratada. À frente da AMP, ele idealizou e concretizou inúmeros projetos, consolidando a maior e mais combativa entidade de pessoas com deficiência do Estado. Entre muitas lutas e conquistas, destaca-se a concessão, pela Previdência, de um salário-benefício para os portadores de deficiência sem condições de trabalhar.
De 1987 a 1991, já como dirigente da Coordenadoria de Apoio à Pessoa Portadora de Deficiência (CAADE), Leonardo foi o responsável pela criação de novas associações e coordenadorias nos municípios de Minas, como as de Contagem, Congonhas, Barbacena e Araguari.
No Sistema Único de Saúde (SUS), Leonardo Mattos assumiu a Coordenação do Programa de Assistência Suplementar da Secretaria de Saúde e foi um dos fundadores do Programa de Órtese e Prótese. Com esse programa, ele garantiu aos portadores de deficiência o direito de obtenção de cadeiras de rodas, pernas mecânicas e próteses auditivas como parte do processo da reabilitação – não mais como doação.
Mattos foi também um dos responsáveis pela implantação do Centro de Reprodução Humana do Hospital das Clínicas de Minas Gerais, um dos três únicos do país que oferece fertilização assistida de proveta (bebê de proveta) em rede pública.

Legislativo - Leonardo Mattos ingressou na vida política-parlamentar em 1996, como o vereador mais votado da coligação que uniu PV, PT e PC do B. Fundou a Frente Nacional de Parlamentares e Executivos Portadores de Deficiência (1996); foi um dos criadores do Grupo de Ação Parlamentar (GAP) visando modernizar e dar transparência às relações políticas na Câmara. Desencadeou várias ações políticas e apresentou vários projetos de leis, muitos dos quais são hoje leis municipais.” Fonte: http://www.leonardomattos.com.br/biografia1.htm


“TEM ADOLESCENTES QUE SIMPLESMENTE BRINCANDO TACAM FOGO NO ÍNDIO ALEGANDO QUE É MENDIGO,”


“31/01/2005

Mendigo é assassinado e líder indígena aparece morto

Elvio Lopes Dourados

Um mendigo, que até a tarde de ontem não havia sido identificado, foi assassinado a facada na noite de sábado. O crime ocorreu em uma viela da Vila Popular, em circunstâncias ainda não apuradas pela Polícia. No Porto Cambira, próximo a um acampamento indígena, um dos líderes do grupo atualmente desaldeado foi encontrado morto na manhã de ontem.

O assassinato na Vila Popular aconteceu às 20h de sábado, na Rua Auro Dias, onde um mendigo, sem identificação, foi agredido com um golpe de faca no peito. O Corpo de Bombeiros socorreu a vítima, de cerca de 30 anos, mas ela não resistiu e morreu. O assassino não foi identificado”

Fonte: www.correiodoestado.com.br/exibir.asp?chave=94187,1,7,31-01-2005



“RECÉM NASCIDOS VÃO PRO LIXO E EU NÃO ESTOU EXAGERANDO.”

“[Quinta-feira, 13 de Janeiro de 2005 - 09:01]

Finalmente, por volta das 16h30min, os militares receberam a informação de que um menino encontrado na lata do lixo, no Conjunto Santo Antônio havia dado entrada no Hospital Infantil Cosmo e Damião. Ao averiguarem o ocorrido, constataram que se tratava da mesma criança que Aurilene alegava ter morrido.
Ela recebeu voz de prisão acusada de tentativa de infanticídio, sendo apresentada às 21h ao delegado Jairo Santana Júnior, na Central de Polícia, que a enquadrou no artigo 123 combinado com 29 do Código Penal Brasileiro. “Autuamos a acusada porque se a criança não fosse encontrada certamente morreria”, disse a autoridade policial.
Ainda de acordo com o delegado, Aurilene alegou que abandonou o filho por causa de problemas familiares. “Ela deve estar sofrendo de depressão pós-parto”, avaliou Jairo Santana, acrescentando que o menino continua internado no Hospital Cosmo e Damião, mas passa bem.

http://www.rondoniagora.com/web/ra/noticias.asp?data=13/1/2005&cod=19532




“TODO PODER EMANA DO POVO, MAS O POVO ESQUECE POR ISSO O NOSSO POVO TEM O GOVERNO QUE NINGUÉM MERECE.”

Art. 1º, Parágrafo Único. CRFB/88."Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta constituição".

lunes, agosto 21, 2006

 

Meus votos WMB/2006(28/setembro.quinta-feira. 22hs. Mtv)

Audiência Metal Is The Law (Massacration)

Banda dos sonhos :
Vocal:Lobão
Baterista: Charles Gavin
Baixista: Bi Ribeiro
Guitarrista: Edgar Scandurra
Independente: Metida demais (Faichecleres)

Internacional: Jesus of suburbia (Green Day)

Mpb: Bonde do dom (Marisa Monte)

Performance ao vivo: Codinome beija-flor (Barão Vermelho)

Pop: Sorte e...(Pato Fu)

Rap:Polegar opositor (Inumanos)

Revelação: Let's Make Love And Listen To Death From Above (Cansei De Ser Sexy)

Rock: Roqueiros Também Amam (Rock Rocket)

Website: http://www.hermaniacos.blogger.com.br

martes, mayo 02, 2006

 

Inclusão

Só pra continuar na onda do 1º de Maio...

(Pai trabalhador e filho estudante dentro do carro a caminho da escola.)

Filho: - Pai, já que roubaram o som do carro, vamos conversar um pouco?
Pai: - Claro, filho.

Filho: - Pai, o que é inclusão social?

Pai: - Bom filho, é que muitas pessoas têm muito e outras nada têm, a inclusão consiste em dar direitos iguais a todos.
Filho:- Ah tá, os integrantes do MST são um exemplo de excluídos, né?
Pai:- Isso, filho.
Filho: - Pai, o que eu devo ser quando crescer?
Pai:- Bom, primeiro escolha uma profissão que você goste, depois estude muito, mas muito mesmo, e depois trabalhe muito mais, dia e noite, só assim você será alguém na vida.

(Atrasados para a escola, o pai pára sobre a faixa de pedestres e é multado, além de ser maltratado pelo policial).


Filho: - Pai, o que houve?
Pai: - Fomos multados, filho.
Filho:- Mas por que?
Pai:- Porque estávamos bloqueando a passagem, filho.

(Um pouco adiante o trânsito pára, a marcha do MST está passando).

Filho:- Pai, por que eles estão bloqueando nosso caminho?
Pai:- É a marca do MST, filho.
Filho: - Ah tá, e aqueles policiais estão multando eles, né?
Pai:- Não filho, estão escoltando eles.
Filho:- Ué, mas nós estávamos bloqueando a passagem e fomos multados e maltratados , e eles estão bloqueando tudo e são escoltados?
Pai: (silêncio)
Filho:- E o que é aquilo ali?
Pai:- É o refeitório deles.
Filho: - Ah sei, lá eles gastam aqueles vales-refeição igual ao seu, que ganha da empresa na qual trabalha.
Pai:- Não, filho, o governo paga a alimentação pra eles.
Filho: - Ué, e por que não paga pra você também?
Pai: (silêncio)
Filho:- E aquela ambulância lá? Ah já sei, é por causa do plano de saúde que eles pagam, né, como você paga pra poder ter assistência médica, né?
Pai: - Não filho, eles não pagam plano de saúde.
Filho: - Ué, não entendi.
Pai:- É o governo que está pagando essas ambulâncias que você está vendo.
Filho: - E por que você paga plano de saúde então?
Pai: (silêncio)
Filho:- Por que a maioria deles está com rádio comunicador?
Pai: - Porque o governo doou 10.000 radinhos pra eles se comunicarem.
Filho: - Pô, e a gente sem som no carro, e você fala que precisa trabalhar pra comprar outro, vamos pedir pro governo então.
Pai: - Eles não nos dariam, filho.
Filho: - Ah, já sei. Você reclama que paga 40% de tudo que ganha pro governo, mas com certeza eles pagam muito mais, né? Eles têm todas essas regalias!
Pai:- Não, filho, eles não pagam nada.
Filho: - Como assim!?
Pai: (pensativo, em silêncio).
Filho: - Pai, quero parar pra falar com eles.
Pai: - Não adianta filho, eles só falam através de assessor de imprensa.
Filho: - Que legal!, vamos contratar um assessor de imprensa pra nós, pai?
Pai:- Filho, isso é muito caro, eu precisaria trabalhar o triplo do que trabalho, pra poder pagar um assessor de imprensa.
Filho:- Mas eles nem trabalham e têm?
Pai- Mas é o governo que paga, filho.
Filho:- Pai, não foram eles que invadiram um prédio público em BH e fizeram a maior bagunça?
Pai: - Foram eles sim, filho
.
Filho: - E o que aconteceu com eles?
Pai:- Nada, filho.
Filho:- E por que eu fiquei de castigo e levei uma baita bronca porque quebrei a lâmpada do poste jogando bola?
Pai: - Porque você tem que cuidar e respeitar o patrimônio público, filho.
Filho: - E eles não precisam?
Pai: (silêncio)
Filho: - Pai, vamos com eles?
Pai:- Claro que não, filho, você precisa estudar e eu preciso trabalhar.
Filho: O QUE??? PODE PARAR, EU VOU COM ELES, APRENDI QUE OS EXCLUÍDOS SOMOS NÓS, QUERO MINHA INCLUSÃO JÁ!! (desce do carro e se junta à passeata).
Pai: (silêncio)

Faça um exercício de reflexão e imagine-se tendo que explicar essas coisas para seu filho...
Você não se sente enganado, roubado e humilhado por estes políticos corruptos que nos governam? Você já parou para pensar que nós trabalhamos + - 4 meses por ano só pra pagar impostos?!?

Pensem nisso.

Abraços,

Ana Letícia.

lunes, mayo 01, 2006

 

Top 10 do Dia do Trabalhador

10-Rodo cotidiano

9-Miséria s.a

8-Time

7-Um homem tb chora

6-O velho e o moço


5-Esmola

4- 175, nada especial

3-Televisão

2-O político

1-Bom brasileiro

martes, abril 18, 2006

 

Outono ou inverno?

Pô, eu adoro tempo frio, frio no Rio remete a Rio Grande do Sul então disponibilizo p/vcs escutarem o: Acústico Bandas Gaúchas


Hj eu estava lendo uma crônica do Arnaldo Jabor dizendo que quanto mais batem no Lula mais ele fica forte será que ele tem alguma coisa haver com: esse cara aqui


Li tb sobre os estudantes franceses que conseguiram que vetassem o projeto de lei do primeiro emprego. Tem um detalhe na matéria intrigante que seria que dos presentes teriam os estudantes, uns representantes de um classe mais humilde alegando que aquilo era coisa de playboyzinho e tinha ainda uma turma skin head p/cair na porrada ali. Enfim, do epísodio guardo aquilo que achei válido que foi ver a juventude botando a cara e conseguindo o que queriam, Me chame de ingenuo se quizerem. Veja uma das imagens: clicando aqui

.

Bem, galera não deixem de participar da votação lá no:Escritos Malditos.


Até mais.

viernes, abril 14, 2006

 
Rapper de verdade ?!
by Queiroz


Eu sinto ansiedade de rimar quando vejo palhaços que querem se qualificar como rappers de verdade. Na qualidade de fã de rap que escreve na internet, que não gostaria de cantar nem de playblack no Faustão coisa semelhante à daquele moleque chamado Cabal, sei não, mais uma criação no estilo Dogão, só que de carne e osso, mais um para jogar o que foi construido no rap nacional há muito tempo no poço. VinniMax, Di Menor, Dogão e Cabal, seria uma boa coletanea de rap nacional de playboy que ao estilo faz tanto mal. Conferi hoje na Rádio Uol o rap “Temporada de caça” onde Cabal pousa de herói, acho graça que o mesmo acha legal ser empregado da Universal, a mesma que prendeu toda a coletanea do Lobão, este sim, contribuiu muito bem p/o rap dando apoio ao Quinto Andar. Será que a atitude idiota alguém aplaude? Chegar sem humildade e cuspir no rap underground? Fala sério, rimas feitas sem compromisso p/ cagar e andar, após ouvir a voz do Perério. Org. e progresso até poderia ser considerado como um bom som, mas p/falar de mensalão sem nem citar Roberto Jefferson, até valeria a intensão se não fosse um vacilão nada original. Em "Temporada de caça" roubou um pedaço da letra do Marechal. Seu estilo de zoar é sem graça, p/ gargalhar não serve, seria melhor fazer cover do De Leve. Cabal usa o que no estrangeiro funcionou por isso copia a receita, mas o público não compra o produto original e só balança o esqueleto quando Dj toca entre 50 cent e Eminem, pois ninguém não aceita pagar 23,90 por um cd tão ruim. Por isso Cabal p/vc rimo assim. Essa rima é de quem detesta esses raps falsos que foram feitos p/tocar na festa onde a parcela que faz rima honesta é barrada. Sua música estorou na rádio, mas daqui a uns anos não será lembrada.

domingo, marzo 05, 2006

 

EXPECTATIVA, REALIZAÇÃO E EXAUSTÃO

Desde novembro estava com meu quartinho reservado numa república feminina em Diamantina, para passar os dias de carnaval. Foi meu 5º ano naquela cidade, delirando com as músicas e coreografias da Bartucada e Batcaverna, além das turmas típicas: os contonetes, os pererecas, os índios, os cariocas do Titi, etc...

Minhas companheiras: Lets, Claudinha, Line, Camila e Marcela

Claro que já estava previsto um engarrafamento na saída de BH para Diamantina, blitz na estrada e tráfego lento, mas não imaginávamos que seria tanto: longo após Paraopeba, antes da tal ponte que caiu, o congestionamento já estava gigante. Gigante não, MONSTRO!
Nunca gastei tanto tempo para ir de BH a Curvelo (minha cidade do coração): foram exatamente 05 horas de viagem, isso significa que no congestionamento gastamos aproximadamente 03 horas.

Mas tudo estava valendo, afinal iríamos para o melhor carnaval de Minas: “Em Diamantina, tudo é diferente, a galera é boa, a galera é nossa, a galera é quente”.
Chegamos em Curvelo com fome e cansadas, ainda bem que meus pais estavam lá. Resolvemos dar uma parada e dormir em camas firmes (porque durante o carnaval é só colchonete heheh)
6h da matina de sábado, continuamos o caminho. Antes das 8h já estávamos em Diamantina, escutando a vibração da Bartucada, que sempre termina de tocar após as 8h. Arrumamos tudo em casa, e fomos pra rua nos divertir!
Nossa república foi ótima porque não acabou água nenhum dia, e conseguimos colocar ordem no banheiro (não é Claudinha!)
Um contratempo fez nossa primeira companheira desistir da viagem. No domingo a Marcela veio embora pra BH, mas curtirmos pra nós e pra ela! A única dificuldade foi voltar pra casa, porque já não tinha mais ônibus direto pra BH nem na terça, nem na quarta-feira. Mas demos um jeitinho indo para Curvelo e de lá pra cá, com a boa vontade e disposição do tio Wagner (tio da Claudinha).

Durante todas as tardes, o point era a casa dos Pererecas “é só amor, é só alegria, pere, pere, pere, é perereca noite e dia...”
À tardinha concentração no palco da Batcaverna, bandanas, coreografias, pulação, cerveja e alegria!
De noite a esperada Bartucada! Não há como ficar parado! É uma energia que só sente quem está lá!
Nestes 05 carnavais em Diamantina, a música chave da Bartucada sempre foi “Eu sou o Sol, ela é a Lua, quando eu chego em casa, ela já foi pra rua... vagabunda!” (tanto que o símbolo da Bartucada é o sol unido à lua). Mas este ano confesso que uma música marcou mais (vamos lá Lets, Claudinha, Line e Camila): “Nega! Óculos escuros! Na parede, na parede, na parede dos meus sonhos. Por essa nega eu ponho roupa nova, uso óculos escuro! Desço do muro! Ela sabe me fazer feliz!"
E pra vocês a foto está ai: (mas só serve de óculos virado, né meninas??)

Rimos muito, divertimos pra caramba, fomos felizes!

A única coisa que me deixou triste foi ver a imundice da cidade. Realmente eu estava com nojo de andar nas ruas e sentir aquela água suja espirrando nas pernas. Sem tênis não dava pra sair.
De manhã cedo a gente sentia aquele cheiro horrível de mijo com “não sei o quê” subindo quando o sol começava a esquentar. E logo depois que a Bartucada parava de tocar (entre 8 e 10 da manhã) a cidade era lavada com água e sabão, mas o cheiro não diminuía.
Tem muito folião porco! Muita gente de Minas e fora daqui que não dá valor ao lugar que está. Não têm educação!

Tirando esses incidentes, o carnaval foi ótimo, adorei a companhia das minhas amigas e ano que vem vamos tomar outro rumo, mas o coração é sempre bartuqueiro!

Se Deus é brasileiro, a vida é um grande carnaval;
Se Deus é bartuqueiro, a vida é sempre carnaval!

Beijos Lú

jueves, febrero 09, 2006

 

Olhos de criança

by Queiroz
Hoje abri o jornal e tinha aquelas notícias sobre mães que abandonam suas crianças por aí. Bem, o tema que quero discutir não é bem esse, mas que tem uma relação com isso. Hoje vi umas mães com crianças no colo. E é estranho, pois parece que a mãe com a criança no colo e a criança são uma coisa só, frágil que não deve ser tocada de jeito nenhum. Eu vi um neném que estava no colo da mãe e derrepente ele abriu os olhos. Um ato tão simples, mas que gera uma parada tão boa sei lá. Não sei, acho que vou ser daqueles pais bem idiotas que ficam parados com cara de bobo olhando p/os bebês quando estão dormindo, e fascinado como fiquei hoje ao ver os olhos daquela criança se abrindo.
Crianças em teus olhos
by Juliana da Silva Gama
Tuas crianças, eu amo como filhos
Sem perigo iminente ou ameaça possível
Esses teus brinquedos sérios, segredos adultos
Esses teus risos descontrolados.
São esses olhos amigos
Que sem saber onde pousar
Amansam ares.
Teus olhos lentos
Querem se darem conta
Erguem ondas.
Par de coisas tuas que amo
Tuas crianças, que habitam olhares
Essa tua paranormalidade
Que se sabe louca, que brinca escondida
No profundo das íris de uniformes negros
Tuas professoras.
(03/07/04)
Cole isso no seu blog:
http://static.flickr.com/39/84837279_561edf074d_o.jpg

jueves, octubre 20, 2005

 

Máquina do Tempo

Presidente do Brasil no ano de 1990 Fernando Collor de Mello.
^^ Fica conhecido em todo o país pela caça aos marajás e pelas críticas ao presidente José Sarney. Cria um partido, o PRN, e vence as eleições presidenciais de 1989. É o mais jovem presidente do Brasil e o primeiro eleito por voto direto desde 1960. Escândalos e corrupção marcam seu governo e provocam a abertura do processo de impeachment. Collor é afastado em setembro de 1992.^^
Fonte:http://www.conhecimentosgerais.com.br/historia-do-brasil/redemocratizacao.html



^^CPI do Orçamento – Em 20 de outubro de 1993 o ex-diretor do Departamento de Orçamento da União, José Carlos Alves dos Santos, denuncia o esquema de corrupção existente na Comissão de Orçamento do Congresso. Acusa 23 parlamentares, seis ministros e ex-ministros e três governadores de Estado de tráfico de influências na distribuição das dotações orçamentárias. Também confessa ter recebido US$ 3 milhões do deputado João Alves (PPR-BA), ex-presidente da Comissão de Orçamento. O deputado é acusado de comandar um esquema de corrupção montado em torno da distribuição das verbas destinadas a subvenções sociais. Também teria intermediado emendas no orçamento para beneficiar algumas das grandes empreiteiras do país. Os deputados que participam desse esquema são chamados pela imprensa de "os anões do orçamento" devido a sua pequena estatura e imensa ganância.^^
Fonte:http://www.conhecimentosgerais.com.br/historia-do-brasil/redemocratizacao.html



E há 15 anos nasceu a Mtv brasileira

miércoles, octubre 19, 2005

 

MULHERES E O DESARMAMENTO - by Rita Lee

"Por mim, acho que só as mulheres podem desarmar a sociedade, até porque elas são desarmadas pela própria natureza: nascem sem pênis, sem o poder fálico da penetração e do estupro, tão bem representado por pistolas, revólveres, flechas, espadas.Ninguém lhe dá, na primeira infância, um fuzil de plástico, como fazem aos meninos, para fortalecer sua virilidade e violência.

As mulheres detestam o sangue, até mesmo porque têm que derramá-lo na menstruação ou no parto. Odeiam as guerras, os exércitos regulares ou as gangues urbanas, porque lhes tiram os filhos de sua convivência e os colocam na marginalidade, na insegurança e na violência.

É preciso voltar os olhos para a população feminina como a grande articuladora da paz. E para começar, queremos pregar o respeito ao corpo da mulher. Respeito às suas pernas que têm varizes porque carregam latas d'água e trouxas de roupa. Respeito aos seus seios que perderam a firmeza porque amamentaram seus filhos ao longo dos anos. Respeito ao seu dorso que engrossou, porque elas carregam o país nas costas. São as mulheres que irão impor um adeus às armas, quando forem ouvidas e valorizadas e puderem fazer prevalecer a ternura de suas mentes e a doçura de seus corações."

Simplesmente maravilhoso...
Este também é um ponto que deve ser pensado ao votar no próximo domingo: a segurança nas ruas, a segurança das mulheres e de seus filhos.
Beijos a todos, em especial para todas as mulheres que se valorizam e sabem viver a feminilidade.
Lú mineiras uai

domingo, octubre 16, 2005

 

Cada segundo

by Queiroz


Poesia ridícula escrita na madrugada
Palavras rimadas que não me servem de nada
Nem para sair de casa e nem p/ ter a minha amada.
Lembranças malditas de dias felizes.
Por que lembrar disso se hj os dias são tão tristes?
Mas, minha mente insiste.
Existe uma saída, mas prefiro ficar aqui
Quando eu estava triste te vi rir
Mas, existe uma saída, mas prefiro ficar aqui
Cada segundo no meu mundo.


Fonte de inspiração: Na sua Estante da Pitty: “Tô aproveitando cada segundo...”



O meu poema fica como uma resposta à música. Meio mentira meio, verdade. Afinal como disse Fernando Pessoa: “O poeta é um fingidor. Finge tão completamente Que chega a fingir que é dor A dor que deveras sente. E os que lêem o que escreve, Na dor lida sentem bem, Não as duas que ele teve, Mas só a que eles não têm. E assim nas calhas de roda Gira, a entreter a razão, Esse comboio de corda Que se chama coração.”

miércoles, octubre 12, 2005

 

Aeee! Dia das Crianças e de Nossa Senhora da Aparecida

QUANDO ERA CRIANÇA: jogava bola, andava de bicicleta e estudava muito. minha turma era márcio, claudinho, jacaré & hamburger. e teve uma vez que eu fiquei o dia inteiro no colégio só para ver as garotas da educação fisica. outro que eu escrevi uma carta de amor p/ luciana (prima do márcio). e quando era bem novo mesmo eu brincava com a flávia, meu primeiro amor, uma gatinha que sabia pular muro e eu, moleque, não sabia.

Trilha sonora ideal p/hoje: Beastie Boys



Nossa Senhora da Aparecida nos proteja dos maus políticos e da televisão.

AMÉM

martes, octubre 11, 2005

 

8/10/2005- escrevi...

Bem, ontem fui no show da Pitty no Canecão. Eu não curto muito o 1° trabalho da garota, mas esse disco novo o Anacrônico é bem audível. Alias foi a base do show (gostei disso). Eu cheguei no local, após ela executar a 1ª música, fui procurando um lugar p/ver melhor o show. Fiquei num canto que dava ver o show de lado, mas acabei ficando na frente de uma menininha. A mãe me chamou a atenção. Juro, nem tinha visto ela. Tinha até um telão, mas assistir show de telão corta a emoção. Então fui passando no meio da galera. Ficar lá na frente não dava. Mesmo que eu pedisse uns 500 dá licença não daria. Então fui p/ o lado esquerdo da Canecão onde havia outro telão, mas do outro lado tinha mais espaço p/ ficar p/ ver o show. Ela é simpática demais. A galera cantou parabéns a vc, e ela disse que estava completando 28 anos (minha idade), nem parece né?! Ela foi executar uma música e antes disse: “Plágio é o k-ralho! É homenagem mesmo!” Uma das últimas músicas do disco novo, que lembra tanto no canto quanto nas bases uma música do Nirvana. Achei o show muito curto, ela tocou música nova e sucessinho, mas ficou com aquela cara de Mas Já! Tá certo a Pitty toca hj e amanhã denovo no Caneco então não podia dar tudo. Creio que o show de hj vai ser bom. Ela fechou o show com o seja vc, mesmo que seja bizarro!!! E quando ela diz adulto ou criança, ela está falando diretamente com essas pessoas, seu público. Hj fiquei vendo o 15 anos Mtv, cada programa fala de um ano diferente. Essa semana foi de 90 à 94. As recordações daquele tempo vieram automaticamente assistindo aqueles programas. Lembrei do tempo de colégio, quando me mudei p/ cá pro meu prédio, as lembranças foram vindo e vão vindo enquanto escrevo essas palavras. Eu estou escutando Soy rapero- Hip Hop Havana. Brasileiro tem um certo asco de latinidade. Tá certo seria horrível falar que nem argentino. Adoro nosso sotaque, aliais em termos de Rio se diz sutaqui rsrsrs. Mas, p/quebrar um pouco essa parada fiz links musicais com disco já citado e tb com Shakira, no tempo que só cantava em espanhol. E se for pensar o meu próprio sobrenome tem uma carregada latinidade: Queiroz. Dá p/negar latinidade assim? Ariba!!! rsrsrs

sábado, octubre 08, 2005

 

O Antropófago xD

Quando um homem fala 'trem'
Um trem passa pela sua boca.

Se no alto-falante ele gritar 'loucura'
A humanidade há de ficar louca.

Mas a boca se faz inútil,
Pois é com os olhos que se come
E nos livros tudo é comida:
Os atos, as coisas e os homens.

Com 300 ou 500 páginas
Temos um banquete pra horas e horas
Digerindo e ruminado:
Manicômios, malícia, memórias...

Se já não tivessem chamado Cultura,
Chamariam de macabro e impune.
Pois é humanidade comendo humanidade
Carnificina grande e sem imunes,
E se fosse posto em papel,
Até Shakespeare sentiria ciúmes.

É assim que se alimenta o espírito
E nem por isso, a carne lhe é hostil,
Mesmo sendo os livros objetos transcendentes
Nós podemos amá-los do amor táctil.


Todo livro é um grito de desespero,
O medo da inegável e caçadora morte.
Mas a vida impressa em limitadas páginas,
Faz a existência ter uma infinitude mágica,
E nos liberta da escravidão da sorte.

Assim o homem se torna livre
E eterno em seu absurdo.
E mesmo morrendo de fome
Enquanto houver homem,
Alguém comerá seu fruto.

E se em toda a literatura
O que aqui eu disse não tem contato,
É porque não faço força para ser entendido.
Quem faz sentido é soldado.


Post Scriptum: Sim, fui eu que escrevi. Odeio qualquer coisa que eu mesma tenha feito. Mas quis postar essa aqui. Foi para o Projeto Nestlé este ano (e eu espero ganhar os 1500$ ^-^). Espero que vcs gostem... rs.
Dag! ^^v

jueves, octubre 06, 2005

 

A favor da comunidade

Protesto!!!! O Escritos Malditos faz sua Greve para que a galera venha fazer uma visita aqui ao Boca Libre. Não é justo que um blog tão bom tenha tão poucas visitas. Então, protesto registrado. E a Greve é por tempo indeterminado. Tenho dito.

ass. Queiroz(conhecido aqui como o Roqueiro de Terno)

lunes, octubre 03, 2005

 

NOSSO PORTUGUES VAI DE MAL A PIOR..

Concordo plenamente com vários estudiosos do português brasileiro que nossa língua é uma das mais difíceis de se aprender, se comparada ao inglês, francês ou espanhol. Possuímos três tempos verbais com vários modos de conjugação, que confundem nossa cabeça na hora de empregá-los. Além disso, as concordâncias nominal e verbal e a regência verbal parecem “bichos-de-sete-cabeças”. Calma, mas tudo isso poderia ser mais fácil do que se imagina...
Digo fácil porque se levarmos em conta que aprendemos o português desde nosso primeiro ano de vida, com aquelas palavrinhas básicas “papai”, “mamãe”, mesmo apelidadas de “papá” ou “mama”, e estudamos sobre nossa língua desde o jardim de infância, com certeza chegaríamos ao final do Ensino Médio falando impecavelmente. SERÁ???
No domingo, 24 de setembro, fazendo um dos meus “bicos”, apliquei prova do ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio – e fiquei horrorizada com o português do brasileiro que vai de mal a pior. Esta prova avalia os alunos e suas respectivas instituições de ensino, para saber como está a educação brasileira. Além disso, algumas faculdades e universidades utilizam o resultado do ENEM como forma de avaliação dos alunos no vestibular.
Estou longe de ser considerada um exemplo de pessoa que corretamente emprega o português no dia-a-dia, até porque, como uma boa mineira, perco algumas sílabas em minhas frases (mineirim, pequeninim, ocê...). Mas o mínimo de técnica numa prova de redação com certeza eu tenho. Sei que um bom texto se divide em introdução, desenvolvimento e conclusão, é o básico!
O tema da redação do ENEM era “o trabalho infantil na realidade brasileira”. Dos 50 alunos que fizeram prova na sala onde trabalhei, li a redação de 20 e, em notas de 0 a 10, só daria média para um aluno. Isso porque a maioria deles têm idéias, mas não sabem desenvolvê-las.
Ninguém fugiu do tema, mas apenas 02 não igualaram o tema ao título da redação. Fora os que deixaram a redação sem título, acho que uns 03. Bem, o pior não foi isso. Todos da sala tinham pelo menos 18 anos, então numa média, com certeza, cursaram nada menos do que 12 anos de ensino do português. E ainda escrevem mal... A análise sintática ainda é confundida com a análise morfológica... coitada da vírgula, sempre no lugar errado, separando o sujeito do predicado. A concordância verbal nem tinha lugar no texto, “porque a miséria e a violência é causa do trabalho infantil”. Dói ouvir isso.
A culpa é de quem??? - Do governo, porque não dá condições aos professores de lecionarem as disciplinas com eficiência e prazer. No ensino estadual de Minas inventaram uma tal de “Escola Plural”, onde o aluno que não estuda, passa de ano sem aprender nada. Não há mais reprovações. O que o governo quer é índice de estudo e não qualidade. - Dos professores, porque não desenvolvem uma didática de ensino que prenda os interesses dos alunos. Além disso, com a violência e rebeldia nas escolas, os professores não tem mais interesse de ensinar como antigamente. - Dos próprios alunos, que não se dedicam aos estudos na escola e em casa, e ainda pensam em se formar, em serem o futuro do país.
Que futuro é esse que eles almejam? Um futuro de analfabetos civis e políticos. Um futuro onde uma elite minoritária, que teve condições de freqüentar boas escolas particulares, terá o poder, e mais uma vez existirão excluídos.
Eu tenho dó do Brasil, porque deste jeito continuará com brasileiros desqualificados, sem emprego, sem condições de vida, porque o mínimo de educação básica escolar não lhes foi dado.
E o nosso português, vai acabar???
Beijos a todos, Lú

miércoles, septiembre 28, 2005

 
Leia esse blog do primeiro ao último post escutando Los Hermanos<))))



Todos morrem de saudades dela...
Eu já liguei, procurei, reclamei, xinguei, estressei... mas ela continua sempre querida e com aquela graça de que gosta de aparecer inesperadamente no blog... sempre que dá vontade...
Já escreveu textos hilários, contou das aventuras com o mochilão nas costas, dos amores de outrora, das saídas com as amigas, das fantasias de sua mente...

Essa Sininho não tem jeito...
E agora, a Dodô realiza seu sonho, embarca para sua “terra do nunca”. Nunca? Essa palavra não existe em seu dicionário, porque para ela o mais remoto sonho pode ser perfeitamente realizado. Foi isso mesmo que ouvi de sua boca hoje: “Lembra que eu disse que ia para Londres? Estou indo...”

Sábado ela decola para outras terras ainda não exploradas, um povo diferente, uma cultura nova, um linguajar peculiar... o tal do inglês! Hi! Conta ai, , como foram as rápidas aulas de inglês num único semestre. Valeu a pena e vai valer muito mais daqui há alguns dias...

Hoje almoçamos juntas e amanhã vamos nos encontrar, mas já estou morrendo de saudades... Depois do almoço cheguei triste no escritório que ainda tem a sua alegria, porque sempre lembramos das suas brincadeiras com o Hênio (Donáriaaaaaa) e da fiel amizade com todos.
Confesso (e ela sabe disso) que não colocava muita fé nessa viajem. Mais uma das aventuras da Super Dodô... mas agora, nada de mochilão, ou vai ter???
Tudo ok: passaporte, visto, hospedagem, matrícula em escola, local para dormir e comer, dinheiro...

Parabéns Dô! Você está realizando seu sonho! Como a Sininho, está voando para a sua “terra do nunca” e tenho certeza que será muito feliz!!!

Gosto de uma frase milenar que retrata bem este momento: “É incrível a força que as coisas parecem ter, quando têm que acontecer”! É verdade... olha em volta e vê o quanto as coisas caminharam para chegar a este momento... não que tenham sido fáceis, pelo contrário, conseguir o tal visto, eta! Deixar agora o coração ainda está mais difícil...

Você merece!

Vai ser um ano e dois meses (ou mais???) de saudades dos seus pais, amigos, do dia-a-dia de BH e da “agitada” Cipotânea. Mas passa... e daqui a pouco estará contanto no nosso blog e até pessoalmente “as aventuras da Super Dodô na capital dos Beatles”.

Sucesso amiga, cuide-se e que Deus guie seus passos.
Beijos Lú

PS: e para ter uma despedida bem à brasileira, amanhã terá samba de raiz na Utópia, com Copo Lagoinha... Dô, Lê e Lú... juntas.


Artista do mês:Cartola<))))

miércoles, septiembre 07, 2005

 

“Salve” ó 07 de setembro???

Silêncio... nenhum foguete estourado, nenhuma música nacional cantada, nenhum avião sobrevoando e saldando o Dia da Independência brasileira... mas não é um silêncio de paz, é um silêncio de revolta...

Hoje muitas pessoas estão com vergonha de cantar o Hino Nacional, porque o sol da liberdade não está brilhando em nossos corações. Comemorar a Independência de Portugal ou a escravidão à corrupção constante? Qual é a expressão no rosto do presidente Lula? Ele cai ou não cai? Tudo vai terminar em pizza???

O dia dos brasileiros que não têm orgulho de serem quem são... Ninguém mais ouviu falar na propaganda “eu sou brasileiro e não desisto nunca”... Jogaram um balde de água fria na confiança que o povo despendeu ao PT. E agora, em quem votar nas próximas eleições? Em quem confiar?

Não acho que deixar de votar ou anular o voto seria a melhor solução, porque mais uma vez se confirmaria o direito das classes mais pobres elegerem alguém, e todos sabem que no Brasil ainda existe muito voto comprado, como aquela música dizia“...ao permitir que num país como o Brasil ainda se obrigue a votar por qualquer trocado, por um par de sapatos, por um saco de feijão, a nossa imensa massa de iletrados...”

Com certeza estamos descrentes...

Minha mãe acaba de me chamar para assistir a “parada” do 07 de Setembro, revoltada disse que não. Até ela que teve aulas de Moral e Cívica desde a infância, e cantava o Hino Nacional com sua avó antes de dormir, acabou por ir molhar as plantas no jardim, e deixar passar o dia. Hoje não tenho o quê comemorar. Tenho as lembranças de quando acordava cedo para ver o desfile, o presidente imponente no palanque, o discurso e as tropas passando. Ano passado estive em Brasília nesta data, e senti uma emoção diferente. Mas hoje vou ficar no meu silêncio...

Sei, no entanto, que ficar em casa esperando as coisas acontecerem também não está certo, mas numa fui de ir para as ruas brigar, tenho sim uma boa consciência e estou analisando cada dia mais o perfil das pessoas que “dizem” que querem nos representar na Presidência, no Congresso, nas Governadorias, nas Assembléias, nas Prefeituras e nas Câmaras. Não voto por votar, não deixarei de votar nas eleições que sucederão, mas espero estar fazendo a escolha certa, porque desta vez o povo errou...

E quem vai “salvar” o 07 de setembro?

Beijos, Lu Mineirasuai



martes, septiembre 06, 2005

 

Katrina, com K maiúsculo

Ela chegou silenciosa, em toda sua majestade, linda e branca, com uma calda esvoaçante e enfumaçada, tão comprida e revolta, como os cabelos sacodidos ao vento por uma sereia que vem do mar. E não de qualquer mar: do Oceano Atlântico, onde, no Golfo do México ganhou força para romper a barreira do "impossível" e "inimaginável" e adentrar no país mais rico e poderoso do mundo sem a menor cerimônia, como uma adolescente revoltada que entra correndo em casa ouvindo um hard-core e chutando ao chão todos os pertences da família...


Muitos nem deram importância a ela. Permaneceram em suas casas, em suas cidades, esperando que o pior anunciado não chegaria, não seria verdade, como tantas vezes não foi. Quantas vezes ela batera à porta, tendo sua chegada anunciada em alto e bom tom, e o quão devastadora seria, quando tudo não passou apenas de "fogo de palha", um filme repetido, um vale-a-pena-ver-de-novo... um ventinho "meia-boca" que todos já viram e já sabem no que vai dar...

Pois e não é que
ela se sentiu forte e pegou a muitos de surpresa... Chegara a ser anunciado por autoridades locais que a evacuação seria necessária para dar lugar a ela, mas muitos ficaram pra trás. Os que saíram da cidade, nem roupas levaram, deixaram seus pertences mais preciosos para trás: carros, jóias, livros, arquivos magnéticos, fotos, cães e gatos. Pensavam que estariam de volta no máximo até 3 dias após a chegada dela, não contavam com sua astúcia, com o não-cálculo de todos os seus movimentos pelos especialistas, com a fragilidade do esquema de segurança do país mais rico do mundo, estados, cidades, com a fraqueza dos diques de contenção, que faziam com que fosse possível habitar uma cidade costeira que fica quase que 70%, aproximadamente, abaixo do nível do mar, e entre um rio (um dos maiores do mundo, diga-se de passagem - Mississipi) e um lago (Ponmtchartraim)...



E não chega a ser irônico ( e trágico, obviamente) que justamente nos locais onde ela passou levando tudo que via pela frente, eram os estados em que o atual presidente do país havia sido majoriatriamente rejeitado nas últimas eleições, por mais de 80% do eleitorado local, e que tal eleitorado fosse, em sua grande maioria, pobre e negro?

É claro que Katrina, com K maiúsculo,
foi um acidente natural, de uma força da natureza estrondosa, que não se pode medir com certeza matemática. No entanto, que força natural é esta, sem precendentes históricos? Que natureza é esta? Não estamos sendo alertados por ela, para que sejamos menos poluidores, e mais conscientes da nossa responsabilidade para com o meio ambiente em que vivemos? E não é verdade que o país mais rico do mundo é também aquele que mais polui? Aquele que se recusou a assinar o Protocolo de Kyoto sobre maior controle sob a emissão de gazes poluentes pela indústria?

As coisas parecem ficar bem claras agora...

Pelo menos para algumas coisas, que chegam a ser ironicamente engraçadas, a passagem
dela serviu:

1) Hugo Cháves e Fidél Castro oferecerem ajuda ao país mais rico do mundo;

2) O país mais rico do mundo pedir ajuda à OTAN e à U.E;

3) And last, but not least (por último, mas não por isso, menos importante, se é que não foi o MAIS IMPORTANTE DE TUDO), é que tudo isso serviu para aguçarmos o senso de fraternidade e solidariedade humanos, porque o ser humano pode ser ruim, mas também PODE SER BOM, pode ajudar, pode dar a mão, pode, com uma simples palavra, um gesto, ajudar, e muito, a quem hoje não tem mais NADA.

Convido todos os leitores, amigos, fãs, blogueiros e internautas de plantão a se informarem sobre ela, pois mesmo quem acha o contrário, pode ajudar em algo.

O blog do Idelber virou um ponto de encontro p/ a comunidade de New Orleans e Tulane University. Ele disponibilizou e-mails a todos, está em contato direto com amigos nos EUA para realocar estudantes de Tulane em outras universidades e nos informa sobre tudo que se passa por lá. Há também indicações de sites, blogs, telefones e e-mails que pode-se contactar em caso de emergência, e que dão notícias da situação.

O Alex Castro, do LLL estava em New Orleans, chegara por lá 2 semanas antes da passagem dela. Agora ele é um "exilado", e está lutando para ter notícias de Oliver, seu cão, que ficou em seu apartamento pelos motivos já elencados acima. Se alguém puder fazer qualquer coisa, o link para o pedido de ajuda dele é este aqui, e é sério.

Muitos beijos a todos,

Ana Letícia.
Mineiras, Uai!


Texto publicado no blog Mineiras, Uai!, em 05/09/2005.

miércoles, julio 06, 2005

 

G8, comer biscoito? Não. Que tudo não acabe em pizza!!



Que hoje, o G8 decida pelo bem do mundo e não pelo bolso de cada país. Que eles perdoem a dívida dos países miseráveis e permitam o povo faminto VIVER.
A cada 3 segundos uma pessoa morre de fome no mundo. Enquanto você lia esse poema, cerca de 10 pessoas morreram de fome.
A cada 4 segundos, uma pessoa nasce. Nascer na miséria e morrer de fome?

Tenha Bush, Blair e os outros líderes tenham consciência de que um planeta melhor está em suas mãos no dia de hoje.
Beijos à todos.

miércoles, junio 15, 2005

 

Poesia



E Foi no meu Sonho

João Lenjob

Vieste participar dos meus sonhos
E eu dormindo, pensando estar contigo
Que coisa! Momento inesquecível que vivi
Pintaste o céu de dourado para mim
Deixaste o mesmo estrelado para eu entender.
Eu sei que a vida não é fácil assim
E sem doenças, problemas, dores, vivendo-te enfim.
Aquele teu sorriso de deusa feliz
Aquela alegria em teu rosto que eu quis para mim
No abstrato a lembrança eu senti
É como se eu não quisesse acordar
E só estando ao teu lado o tempo que desejar
E eu cumpri com o meu sonho a alegria, a vontade de viver.



E Foi no teu Sonho
João Lenjob

Num certo dia em que em teu sonho entrei
Estavas dormindo, pensando e eu estava ali
Eu não pensava ser inesquecível assim
E nem artista alada dum sonho sem fim
E na aquarela estrelada que guardaste para mim
E nas dificuldades da vida a vitória estou certa que haverá
Mesmo as doenças, problemas, dores, vivendo-te enfim.
Do teu sorriso humano que me faz feliz
A alegria eu digo para sempre, por ti
E na verdade o teu abstrato senti
É como se quisesse deixar-te a dormir
Eu estarei ao teu lado o tempo que desejares
Só para cumprir o teu sonho a minha alegria, a vontade de viver.

(O João Lenjob, autor destes poemas, é meu primo, lá de “New Age City” – Nova Era, “a capital do Vale do Aço” - risos - cidade onde reside até hoje meu ilustre avô, e onde nasceu meu pai. João andou um pouco sumido, mas voltou com a força toda, nos presentando, semanalmente com seus poemas, que distribui generosamente aos seus amigos pelo Orkut afora.)

 

Cultura em greve

Outro dia eu estava passando na rua e me deram um panfleto com as seguintes informações:

Iphan: é o responsável pela preservação de monumentos históricos e patrimônio cultural em todo país;
Funarte: desenvolve projetos nas áreas de artes visuais, teatro, dança, ópera e circo, música erudita, documentação em arte e preservação de acervos fotográficos;
Biblioteca nacional: a oitava biblioteca do mundo, cuida de um dos mais importantes acervos – bibliográfico, iconografia e documental;
Centro Técnico Audiovisual: oferece apoio técnico a projetos de cinema e vídeo e preservação de acervos cinematográficos e fotográficos;
Fundação Cultural Palmares: formula e implanta políticas públicas que têm como objetivo potencializar a participação da população negra no processo de desenvolvimento da cultura brasileira;



O panfleto finaliza dizendo que os funcionários reivindicam salários dignos, criação de um Plano de Carreira especifico para a área da cultura e concurso público para renovação dos quadros técnicos.

Ninguém que escreve aqui no BocaLibre está ligado direta ou indiretamente a nenhum comando grevista, mas entendo que qualquer manifestação que traga melhorias para uma categoria é válida. Para a melhoria temos que por em prática a teoria.

sábado, mayo 28, 2005

 

"Simples" curiosidade

Hey pessoal do BocaLibre _o/ Eu realmente me envergonho de não ter postado até hoje! Desculpa, tá? É que eu tava vasculhando a minha mente em busca de um assunto legal pro meu primeiro post aqui... só que não deu muito certo ^^"
Mas ontem eu pensei em algumas coisas no mínimo curiosas...

Já pensaram em ser outra pessoa?

Não digo "ah minha vida é uma merda, eu quero outra vida, oh, como sou infeliz!".. não to dizendo isso, mas tipo, por curiosidade, simplesmente!

Sabe, VOCÊ tem seus medos, suas aflições, seus sentimentos, seus amores, seus familiares, seus desejos, seus planos, suas noções do que pode fazer ou não. Consequentemente, TODOS têm essas coisas, mas de formas diferentes. Seria tão legal poder saber como as pessoas são realmente por dentro, saber qual a real impressão dela sobre as coisas.

Imagina, a gente pega um gênio tipo Einstein [tá q ele ja morreu, mas isso é um mero detalhe], a gente acha que ele só pensa coisas geniais por mais malucas que aparentem ser, mas e se a gente pudesse ver a mente dele? Estar na mente dele... podendo perceber que ele também pensa asneiras das mais variadas possíveis, que nem todos nós!

Mas só seria legal se fosse como nos filmes, onde, você é encolhido até ficar microscópico, depois te tacam dentro do cérebro da pessoa e de alguma forma você consegue ouvir o que ela ouve, sentir o que ela sente, pensar o que ela pensa, mas você poder ouvir, sentir e pensar por si mesmo também.

Ah sei lá, seria divertido \o/ Dependendo da pessoa né... saber o que ela realmente pensa pode ser doloroso no sentido de te deixar magoado. Tipo entrar na mente daquele que você considera seu melhor amigo e descobrir que ele só finge ser seu amigo por interesse em alguma coisa.

Sabem o filme "A Cela"?? É tipo o que acontece no filme [se não viram, vejam!!!! é simplesmente phodaaaaa]! Só que você nao precisa necessariamente entrar na mente de assassinos psicopatas com distúrbios psicológicos causados por uma infância perturbada (^__^)v

jueves, mayo 05, 2005

 

Olá à todos.

Fiquei muito feliz com o convite do Queiroz em fazer parte do BocaLibre e como ele me disse que o blog era para reclamar quando fosse necessário, vou estrear aqui comentando um fato ocorrido hoje.

Local: Algum Hipermercado de São Paulo, na fila do caixa “rápido”.

Hora: 19:00

Na fila do caixa “rápido” para até 10 volumes, eu e mais umas 20 pessoas a minha frente umas 25 atrás, esperávamos a nossa vez.

No mercado existiam cerca de nove caixas abertos, de 33!!!

Notei que uma moça procurava desesperadamente algo dentro de cada caixa registradora que estava fechada e sem sucesso foi andando pelo mercado vasculhando cada canto.

Um senhor muito distinto que estava bem atrás de mim, chamou um dos caixas e o diálogo foi o seguinte:

“- Escuta menino, você está vendo essa fila aqui?”

“- Estou sim senhor.”

“- Acha certo essa fila tão grande, com tantos caixas fechados?”

” - Eu entendo a sua indignação, mas eu estou tentando abrir os caixas, mas não podemos. Estamos sem bobinas novas para trocar as máquinas.”

“- Como assim vocês, num hipermercado de renome, não tem uma coisa tão simples quanto uma bobina de caixa?”

“ – É senhor, pode parecer impressionante, mas não temos.”

“- Bom, minha “bobina” também está acabando e se ela acabar vocês também vão trocar?”

“- Me perdoe senhor.”

Comecei a rir da situação e imaginando o que aconteceria se todas as bobinas acabassem.

Chegou a minha vez e comecei a conversar com a caixa.

“- É verdade que não tem mais bobinas?”

“- É sim, nosso chefe é um incompetente, ele se preocupa mais com fofocas do que com comprar material para que possamos trabalhar.”

“- Mas o que vai acontecer se todas as bobinas acabarem?”

”- Simplesmente o mercado fechará, pois não teremos como registrar as compras.”

“- Nossa!”

“- É, mas tudo bem assim eu vou para casa mais cedo.”

Fui para casa dando risada, imaginando o gerente sendo demitido por um erro tão estúpido.

Coitado do Sr. Abílio Diniz, se ele fica sabendo disso; vai processar o gerente pelos incontáveis milhares de reais que perdeu naquele resto de noite. Tsc, tsc, tsc.

Beijos.


This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Suscribirse a Entradas [Atom]